Esse designer nos fez suar frio com sua versão do BMW M1



Algumas coisas simplesmente não combinam. Outras só aparecem nos sonhos mais loucos.

No caso da imagem acima feita pelo designer estoniano (calma, essa palavra existe... aquele que é natural da Estônia) Rain Prisk, creio que se encaixa nas duas.

Imagino que, como eu, você deve estar incomodado com a possibilidade de alguém transformar o cobiçado BMW M1 em um Off Road. Felizmente é apenas uma projeção, e eu torço para que fique apenas nisso. Não que o trabalho do Rain Prisk seja ruim, muito pelo contrário. O cara é talentosíssimo e cria imagens muito bacanas. Apenas não dá pra aceitar um M1 feito para lama.

Mais do portfólio dele: Rain Prisk

O esportivo

Desenhado por Giorgetto Giugiaro e produzido pela BMW entre 1978 e 1981, o M1 foi o primeiro carro de produção da marca bávara a ser equipado com motor central. Posicionado atrás dos bancos dianteiros, os 6 cilindros em linha deslocavam 3.5 litros (3.453 cm3 para ser mais exato!) e produziam 277 hp, utilizando-se de duplo comando de válvulas e injeção mecânica de combustível.

A idéia era colocar o M1 para correr no Grupo 5 da WSC (World Sportscar Championship). Mas assim que as primeiras unidades ficaram prontas a Federação de automobilismo mudou as regras. Seria necessário produzir 400 unidades para homologar o carro no Grupo 4 para, só depois, pensar no Grupo 5.

Foram fabricadas 453 unidades, 20 delas para uma categoria monomarca criada pela BMW para testar o carro: a BMW M1 Procar Championship. O baixo número de exemplares, tornou o M1 um dos BMW mais raros que existem.

© 2017 Guia de Automóveis